Literatura, opiniões, memórias, autobiografias, e demais diletantices.
Sexta-feira, 3 de Junho de 2016
Vendidos, sempre houve

Paul Krugman escreveu no New York Times:
"As coisas estão terríveis em Portugal, mas não tão terríveis como estavam a um par de anos".

O jornal digital Observador traduziu assim

"As coisas estão terríveis em Portugal".

Só isto.



publicado por Dito assim às 14:43
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

O REAL QUOTIDIANO

Vendidos, sempre houve

Mais uma crónica de Antón...

ENSINAR, COMOVER E DELEIT...

A Rendição de Breda de Ve...

Alguns quadros de cinismo...

"Somos todos felizes outr...

OS NEGÓCIOS E A SUBSERVIÊ...

Em Guimarães no Toural em...

O 25 DE ABRIL DE 2016

arquivos

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Agosto 2015

Julho 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

blogs SAPO
Este Blogue é completamente ... ...Alérgico ao Acordo Ortográfico